Manifesto mundial pelos serviços públicos

29 de Outubro por Coletivo


Um grupo de mais de 80 organizações de todo o mundo, incluindo membros do CADTM, está a lançar um manifesto apelando ao reforço dos serviços públicos, tais como educação, energia, água e saneamento, alimentação, serviços de saúde e cuidados, habitação, segurança social, telecomunicações, transportes, recolha e eliminação de resíduos. Isto exigirá a redefinição de regras globais, a reorientação das instituições públicas e a reorientação dos governos para a satisfação das necessidades das pessoas e o respeito pelo planeta.

A pandemia Covid-19 mostrou as consequências catastróficas de décadas de privatização neoliberal, mercantilização e financeirização dos serviços públicos. O colapso ecológico e a crise climática são iminentes. Estas crises ameaçam vidas e meios de subsistência, mergulhando milhões na pobreza, causando migrações em massa e criando agitação social e instabilidade política.

O manifesto apela a um novo pacto social que apoie as famílias e comunidades face às crises sistémicas que o mundo enfrenta actualmente. Apela também a governos mais fortes que respondam às necessidades das pessoas e do planeta. Posiciona a governação democrática e o acesso universal a serviços públicos de qualidade como a base de uma sociedade justa e equitativa que implementa os valores fundamentais da solidariedade, igualdade e dignidade humana. Propõe dez princípios para a construção de serviços públicos de qualidade.




Outros artigos em português de Coletivo (10)

CADTM

COMITE PARA A ABOLIÇAO DAS DIVIDAS ILEGITIMAS

8 rue Jonfosse
4000 - Liège- Belgique

00324 226 62 85
info@cadtm.org

cadtm.org